1891

Prefeitura Municipal de Taperoá

Pular para o conteúdo

No dia do Agente Comunitário de Saúde e do Agente de Combate a Endemias, categoria realiza 2º Ato Público pela aprovação da PEC 22 em Taperoá.

05/10/2021 às 08h34

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


04/10

 

Dia de homenagear e valorizar a equipe de profissionais que prestam serviços fundamentais na atenção básica, prevenção e proteção à saúde. Os agentes comunitários desempenham atividades educativas a domicilio e em comunidades, com integração nos serviços de diagnóstico, tratamento, reabilitação, redução de danos e manutenção da saúde, com acompanhamento periódico as famílias atendidas pela unidade de referência.

Desafios, exposição, riscos, necessitam de melhores condições de trabalho, e assim, a Prefeitura de Taperoá, investiu em tablets e EPI´s completos, para que a categoria possa exercer suas funções com mais segurança e tecnologia.

As reinvindicações seguem os Sindicatos e Confederação Nacional para quebrar o veto 44/2021 na Lei de Diretrizes Orçamentarias, e o 2.º Ato Público pela aprovação da PEC 22, projeto de lei de conversão que aumenta o piso salarial da categoria em 52,86% ao longo de três anos, e trata dos direitos como a aposentadoria especial devido a insalubridades. A proposta ainda precisa ser votada pelo Senado.

A mobilização, segundo Mailan Cabral, Agente Comunitária de Saúde, é de extrema importância, já que o psicológico e a saúde dos Agentes em constante exposição, necessitam de prerrogativas particulares.

Cleuza dos Passos, Coordenadora dos Agentes de Endemias, tem a expectativa que a categoria seja vista com olhos de reconhecimento. “A nossa luta nas atividades de combate aos vírus da dengue, zika, chikungunya e febre amarela, são grandes desafios sociais, as estratégias de gestão integrada (controle e prevenção) e o trabalho participativo dos Agentes precisam de melhores condições salariais a serem estabelecidas pelo Senado Federal”